123 – DEDOS LIVRES NA DISCALCULIA – Compreensão Numérica até 20

15,60 

Crianças com dificuldades no cálculo, não calculam, contam.
O contar, usando ou não os dedos, impede o reconhecimento das relações da matemática e é uma limitação para a mecanização dos exercícios de cálculos básicos na prática das quatro operações levando a que esta nunca seja adquirida. Os Jogos “1-2-3 dedos livres”, oferecem material importante terapêutico e pedagógico para a criação do conhecimento básico de matemática, com a ajuda de estratégias de cálculo. Assim, ajudam-se as crianças com dificuldades, a calcular e adquirir conhecimentos de matemática, sem contar e a automatizá-los e melhorá-los através de jogos lúdicos.

Caixa Amarela – prepara as crianças para as quatros operações matemáticas básicas, treina a compreensão numérica e a orientação no espaço numérico de 1 a 20 sem efetuar cálculos. Com este jogo, as crianças praticam, sem contar, a ordem sequencial dos números numa posição numérica (1-10) e associam os números à quantidade (11-20). A posição dos números do 1 ao 10 na sequência numérica é visível nos cartões com as duas mãos colocadas lado a lado. As mãos servem de modelo para a sequência numérica. Cada dedo tem um lugar fixo.
Os números do 11 ao 20 estão representados como quantidade num cartão em pequenos círculos vermelhos. Um cartão com o número e um cartão com a representação de uma sequência numérica (mãos) ou a quantidade (círculos) que formam um par. Unidades e dezenas devem ser distinguidas pelas crianças antes de poderem passar aos exercícios de cálculos.

Adequado para: crianças de 6 a 10 anos, aulas de educação especial, discalculia, terapia de aprendizagem, escola.
Conteúdo:  40 cartões: 20 cartões imagens e 20 cartões números, formato 8 x 8 cm, identificados em amarelo no canto inferior direito; 1 manual; 2 cartões de instrução; 1 caixa com tampa deslizante; instruções.

Também pode gostar…

0

Your Cart