Fonomind nº /F,V/

18,50 

Atividades de Estimulação de Competências Fonológicas para Promoção da Oralidade e Apoio à Leitura e Escrita.
O presente livro reúne 39 atividades que possibilitarão a organização do sistema fonológico no que respeita ao contraste fricativa labial vozeada vs não vozeada, através dos segmentos /v/, /f/, respetivamente.
Tendo como pressuposto no processo de generalização que subjaz às teorias fonológicas implicacionais (Bernhardt, 1992; Matzenauer, 2008), a intervenção através destes segmentos poderá promover a estabilização do contraste vozeado versus não vozeado de outros segmentos, como /ʃ/-/ʒ/ ou /s/-/z/ e até estender-se às oclusivas vozeadas versus não vozeados.
As atividades podem ser realizadas com crianças em idade pré-escolar e escolar. Nas atividades desenvolvidas, a criança realizará diversas tarefas de processamento fonológico: perceção, acesso lexical e consciência fonológica (segmentação silábica, manipulação silábica, localização fonémica, entre outras). A criança será convidada a selecionar seletivamente as propriedades focadas no presente livro ([+vozeado] ou [-vozeado], nas fricativas labiais). As atividades propostas contemplam tarefas que envolvem os segmentos em contexto de Isolada, de palavras e Pseudopalavras.
Desta forma, a competência fonológica é estimulada através de tarefas de processamento fonológico, a um nível implícito e explícito (incluindo a consciência), preferencialmente através da modalidade oral, garantindo assim a reorganização do sistema fonológico, enquanto pré-requisito do processo de aprendizagem da leitura e da escrita.
Ao longo do livro, recorre-se a diferentes estratégias para a representação dos segmentos e das propriedades fonológicas visadas. Os segmentos são representados por onomatopeias e o contraste-alvo por ícones e cores representativos do vozeamento, à luz do proposto no instrumento Os Sons D’A Relicário (Alves & Reis, 2011; Alves, 2014).
Estas estratégias representacionais facilitam não só a evocação do próprio segmento como também das suas propriedades segmentais – recorrendo a vias multissensoriais -, contribuindo assim para a estabilização do sistema fonológico.

Autoras: Dina Caetano Alves, Tânia Reis com a colaboração de Daniela Espadinha.

0

Your Cart